Fabio Baroli

Uberaba, MG, 1981, onde vive e trabalha

Bacharel em Artes Plásticas pelo Instituto de Artes da Universidade de Brasília – UnB, 2009.

Utiliza a linguagem da pintura como suporte para desenvolver sua poética, que lida com os conceitos da apropriação, da colagem e do erotismo. Seus trabalhos mais recentes discorrem sobre o regionalismo e o imaginário infantil no interior de Minas Gerais.

Suas principais exposições individuais foram: Deitei pra repousar e ele mexeu comigo, Centro Cultural Banco do Brasil CCBB (Brasília/DF, 2015/2016); Cor de burro quando foge, Galeria Luciana Caravello Arte Contemporânea (Rio de Janeiro/RJ, 2014); Muito pelo ao contrário, Centro Cultural Banco do Nordeste CCBNB (Fortaleza/CE, 2014); Vendeta: a Intifada (Funarte, Recife, PE, 2012/2013); Vendeta (Galeria Moura Marsiaj, São Paulo, SP, 2012); Domingo (Galeria Laura Marsiaj, Rio de Janeiro, RJ, 2012); Lar doce lar (Centro Cultural Banco do Nordeste, Sousa, PB, 2011); Narrativas Privadas (Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, MS, 2010); Erotismo e Apropriação (Centro Municipal Adamastor, Guarulhos, SP, 2010). Dentre as principais coletivas destacam-se: Prêmio Aquisições Marcantonio Vilaça Funarte 2013 (MAM/RJ, 2014); Duplo olhar (Paço das Artes, São Paulo, SP, 2014); Crer em fantasmas: Territórios da pintura contemporânea (Caixa Cultural Brasília, DF, 2013); Territórios (Funarte Recife, PE, 2012); Convite à Viagem – Rumos Artes Visuais 2011/2013 (Instituto Itaú Cultural, São Paulo, SP, 2012); Aos ventos que virão… Brasília (1960 – 2010) (Espaço Cultural Contemporâneo – ECCO, Brasília, DF, 2010); Mostra Coletiva Olheiro da Arte (Centro Cultural da Justiça Eleitoral – CCJE, Rio de Janeiro, RJ, 2010). Os principais prêmios foram: Prêmio Funarte de Arte Contemporânea - Galeria Nordeste de Artes Visuais (Recife, PE, 2012); 10º Prêmio de Arte Contemporânea do Iate Clube de Brasília (Brasília, DF, 2011); 28° Salão Arte Pará (Belém, PA, 2011). Em 2012 foi indicado ao Prêmio Investidor Profissional de Arte (PIPA). Possui obras nos acervos do Museu de Arte Moderna – MAM-RJ (Rio de Janeiro, Brasil); Museu de Arte do Rio – MAR (Rio de Janeiro, Brasil); Brazil Golden Arts Investiments – BGA (São Paulo, Brasil); Museu Nacional de Brasília (Brasília, Brasil); Museu de Arte Contemporânea do Mato Grosso do Sul (Campo Grande, Brasil); Fundação Romulo Maiorana (Belém, Brasil) e coleções particulares no Brasil e exterior.

CV

Fábio-Baroli_Curriculo_A4.pdf

WEBSITE

EXHIBITIONS

NEWS

OBRAS

Narativas privadas (políptico)

Óleo sobre tela // 18 x 25 cm (cada uma) // 2010

O vendedor de galinhas (díptico)

Óleo sobre tela // 110 x 190 cm //

Sem título

60 x 160 cm (díptico) //

Ocontô

Óleo sobre tela // 60 x 160 cm (díptico) // 2014

Borra botas

Óleo sobre tela // 170 x 80 cm (díptico) // 2014

Sem título

Óleo sobre tela // 140 x 160 cm // 2015