Felippe Moraes

Nasceu no Rio de Janeiro, Brasil, 1988. Vive e trabalha no Rio de Janeiro, Brasil.

A obra de Felippe Moraes parece falar sobre o primeiro olhar humano: aquele olhar curioso que busca a apreensão de um objeto e que o assimila como uma nova estrutura interior. Suas fotografias, desenhos, instalações e procedimentos matemáticos estabelecem relações que evidenciam a matéria como índice da existência e o aspecto invisível do espaço que nos ronda. Medidas, divisões, formas, subtrações, coordenadas e números dão forma a uma tentativa poética de medir a existência e mergulhar nas relações elementares entre o homem e o mundo, a linguagem e a matéria.

Born in Rio de Janeiro, Brazil, 1988. Lives and works in Rio de Janeiro, Brazil.

Felippe Moraes’s work seems to talk about the first human gaze: that curious look seeking the seizure of an object and it‘s assimilation as a new interior structure. His photographs, drawings, installations and mathematical procedures establish relationships that show the matter as an index of the existence and the invisible aspect of the space that surrounds us. Measures, divisions, forms, subtractions, coordinates and numbers form the poetic attempt to measure the existence and dive into the elementary relations between man and the world, language and subject.

 

 

CV

Felippe_Moraes.pdf

WEBSITE

http://felippemoraes.com

EXHIBITIONS

RESIDENCY

NEWS

OBRAS

O Peso do Verbo

72 materiais condutores de eletricidade, vidro, latão, balança de precisão // Dimensões variáveis // 2010 - 2014

detalhe de O Peso do Verbo

2010 - 2014

Linhas de Nazca, da série Geometria Aritmética

Papel milimetrado, fotocópia, nanquim, grafite, papel vegetal // 29,7 x 21 cm (cada) // 2013

Caverna de Chauvet, da série Geometria Aritmética

Papel milimetrado, fotocópia, nanquim, grafite, papel vegetal // 29,7 x 21 cm (cada) // 2013

64kg de triângulo

Balanças relógio, cabo de aço inoxidável, esticadores de cabo de aço, aço inoxidável, aço // 180 x 210 x 5 cm // 2014

Campos Euclidianos

Impressão fotográfica sobre papel fine art // 84 x 125 cm // 2012

Campos Euclidianos

Impressão fotográfica sobre papel fine art // 84 x 125 cm // 2012

Chão Medido

Impressão fotográfica sobre papel fine art // 90 x 60 cm (cada) // 2012

Homenagem a Pitágoras

Impressão fotográfica sobre papel fine art // 29 x 42 cm (cada) // 2012

Solfejo

Impressão fotográfica sobre papel fine art // 29 x 42 cm (cada) // 2014

Desenho Sonoro

Impressão fotográfica sobre papel fine art // 50 x 50 cm (cada) // 2014

série Tubos Sonoros

Aço inoxidável, aço e acrílico // Dimensões variáveis // 2014

detalhe da série Tubos Sonoros

Aço inoxidável, aço e acrílico // Dimensões variáveis // 2014

Movimento Pendular

Cabo de aço, vidro e areia // Dimensões variáveis // 2014

detalhe de Movimento Pendular

Cabo de aço, vidro e areia // Dimensões variáveis // 2014

Movimento Pendular #2

Cabo de aço, vidro e areia preta // Dimensões variáveis // 2014

detalhe de Movimento Pendular #2

Cabo de aço, vidro e areia preta // Dimensões variáveis // 2014

vista da exposição Ordem na Baró Galeria, São Paulo, SP

2014

vista geral de Escala Humana | Praça Paris, Rio de Janeiro, RJ

Aço e latão // 1200 (diâmetro) x 2 cm // 2016

detalhe de Escala Humana | Praça Paris, Rio de Janeiro, RJ

Aço e latão // 1200 (diâmetro) x 2 cm // 2016

Primos; ? (Pi); ? (Phi) | 2016 | Painéis de LED | 20 x 135 x 10 cm | Centro Municipal de Arte Helio Oiticica, Rio de Janeiro, RJ

2016

Progressão | Sublimação sobre poliéster e madeira | 70 x 100 cm (cada bandeira) | MAC Niterói, Rio de Janeiro, RJ

2016

detalhe de Progressão | MAC Niterói, Rio de Janeiro, RJ

2016

detalhe de Progressão | MAC Niterói, Rio de Janeiro, RJ

2016

Monumento ao horizonte | Caminho Niemeyer, Rio de Janeiro, RJ

Aço corten // 490 x 90 x 300 cm // 2016

Monumento ao Horizonte | Caminho Niemeyer, Rio de Janeiro, RJ

Aço corten // 490 x 90 x 300 cm // 2016

Vista interna de “Monumento ao horizonte” | Caminho Niemeyer, Rio de Janeiro, RJ

2016

Vista de 180º do visor interno de “Monumento ao horizonte” | Caminho Niemeyer, Rio de Janeiro, RJ

2016