Amanda Mei – Refôrma

de 03 a 31 de março

Galeria Baró têm o prazer de apresentar Refôrma*, exposição individual de Amanda Mei, no Baró Contêiner.

Nela, as obras expostas giram em torno do conceito da reorganização e reequilíbrio de um modelo, matriz ou molde. Segundo a própria artista:

“Refôrma traz a experiência de devolver para a natureza uma geometria falha, um novo uso, um desvio da função original dos materiais por meio da ideia de artificio e camuflagem.

A mostra é composta por pinturas e esculturas que tratam do equilíbrio entre elementos de formação do universo, com composições tridimensionais construídas pelo homem ou apropriadas diretamente da natureza. São combinações que se reorganizam de acordo com o meio em que estas se encontram, tal qual uma estrutura molecular ou um planeta.”

O conjunto de trabalhos trata da dinâmica dos movimentos de transformação e destruição, a ideia de progresso e sobrevivência. Estes pontos se colocam como um pacto entre o homem e a natureza – seja pelo embate dos diferentes materiais com o espaço físico, da tinta com a parede e dos visitantes com as obras.

Os fragmentos de madeira, papelão, argila, tinta se transformam em formas tridimensionais e parecem crescer no espaço como uma arquitetura “não oficial” por um período determinado de tempo. Tais procedimentos refletem a ideia de camuflagem em relação ao deslocamento, função e transformação dos materiais.

Amanda Mei – Refôrma @ Baró Container

Abertura: 03 de Março (sábado), das 16h as 20h
Período expositivo: de 03 a 31 de Março de 2018

Horário de funcionamento: segundas das 14h00 as 19h00; de terça-feira a sábado, das 10h00 às 19h00; sábado, das 11h às 19h
Rua da Consolação, 3417 – Jardins – São Paulo – SP

Entrada livre/ franca

========================================================================================================================================

Baró is pleased to present Refôrma, Amanda Mei’s solo exhibition at the gallery. 

In it, the presented works revolve around the concept of reorganization and redressing of a particular template, grid or mold. As stated by the artist herself:

“Refôrma (“Remold”) presents the experience of returning a flawed geometry to nature, a new use, a detour of the original function of these materials through the concept of artifice and camouflage. 

The exhibition is composed of paintings and sculptures that deal with the balance between elements that make up the universe, with three dimensional compositions built by man or directly appropriated from nature. They are combinations that rearrange themselves according to the environment they find themselves in, much like a molecular structure or a planet.” – Amanda Mei  

The group of selected works deals with both transformative and destructive movements, as well as the notion of progress and survival. These aspects are placed as a pact between man and nature – be it through the clash of different materials with the physical space, the clash between wall and paint or the interaction between visitors and artworks.

The fragments of wood, paper, cardboard, clay and paint are transformed into three dimensional shapes that seem to expand in space as an unofficial architecture for a determined period of time. Such procedures reflect the notion of camouflage associated with displacement, role and transformation of materials.

Amanda Mei – Refôrma @ Baró Container 

Opening: 03 de Março (sábado), das 16h as 20h
On view from March 03rd until March 31st, 2018

Visiting hours: Mondays, 14h00 – 19h00; Tuesdays through Fridays, 10h00 – 19h00; Saturday, 11h00 – 19h00

Rua da Consolação, 3417 – Jardins – São Paulo – SP

Free admittance

 

PRESS RELEASE

Amanda-Mei-Reforma-.pdf

OBRAS

2018

Sentença 01

2018

Aerólito Água

2018

Encontro Marcado

2018

Quarta Pedra