Pedro Gandra

LOADING

Em 2007 iniciou seus estudos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage/RJ. Desde 2011, participa de diversas exposições coletivas em diferentes instituições e galerias, entre elas O espaço entre, na Galeria Largo das Artes, no Rio de Janeiro; SEUmuSEU, no Museu Nacional de Brasília; Pensamento Pictórico, no Martha Pagy Escritório de Arte, no Rio de Janeiro; e Somos todos Clarice, na Galeria do Lago, do Museu da República, no Rio de Janeiro. Em 2016, foi selecionado para o 44º Salão de Arte Contemporânea Luiz Sacilotto, em Santo André, SP e foi o 3º Premiado no I Prêmio Vera Brant de Arte Contemporânea, em Brasília. Em fevereiro de 2017, foi anunciado como um dos Finalistas do Concurso Garimpo da Revista Dasartes Brasil, foi um dos finalistas do Prêmio Pipa 2019 online.
Seu trabalho tem sido concebido hegemonicamente em torno de pintura. A palavra é frequentemente, utilizada como elemento visual poético. É algo como uma linha condutora.

In 2007 he began his studies at the School of Visual Arts of Parque Lage / RJ. Since 2011, he has participated in several group exhibitions in different institutions and galleries, including The Space Between, at the Largo das Artes Gallery, in Rio de Janeiro; HisUmuseum, at the National Museum of Brasilia; Pictorial Thought at the Martha Pagy Art Office in Rio de Janeiro; and We are all Clarice, at Galeria do Lago, Museu da República, in Rio de Janeiro. In 2016, he was selected for the 44th Luiz Sacilotto Contemporary Art Salon, in Santo André, SP and was the 3rd Prize winner at the 1st Vera Brant Contemporary Art Award, in Brasilia. In February 2017, he was announced as one of the Finalists of Dasartes Brasil Magazine’s Mining Contest.
His work has been conceived hegemonically around painting. The word is often used as a poetic visual element. It is something like a conductive line.